saude1

Saúde Humanamente Corporativa

Pessoas insanamente correndo atrás de tratamentos estéticos, drogando-se com “medicamentos” milagrosos que prometem redução de peso e medidas em curto espaço de tempo. Seres humanos eternamente insatisfeitos com a imagem que visualizam no espelho porque estão gordos.

Gordos? Ou melhor, inchados? Sim, inchados e porque não dizer entalados com processos inacabados, processos pessoais e profissionais. Carregando de forma desumana um peso desnecessário, um peso que na maioria das vezes, senão em todas, não é seu.
Peso da consciência, peso da culpa, peso do fardo, peso de não conseguir dizer não e a cada sim ganhar mais uma tonelada de “brinde” para carregar enquanto se descansa. Entalados com processos inacabados, para os quais se recusam a olhar pela complexidade que possuem ou aparentam possuir.

Resultado de tanto “entalamento”? Come-se, bebe-se, transa-se, fala-se, dorme-se, fuma-se, grita-se, droga-se, trabalha-se compulsiva e insanamente. Sem ao menos dar-se conta que o externo apenas reflete o interno, ou o que restou dele.

A resposta para o excesso de peso, para a assimetria corporal evidente, excluídas aqui as reais questões fisiológicas, não está naquele comprimido, naquela cápsula, naquele “shake” que você irá substituir por uma refeição. A resposta não está naquilo que você colocará pra dentro e sim naquilo que você colocará para fora.

Vomite tudo aquilo que seu estômago não suporta mais, o mal estar inicial é inevitável, mas é certo que o alívio conseqüente, também. Defeque sentimentos negativos que vêm infeccionando sua flora humana. Analise as pessoas que vêm fazendo parte da sua história e após uma biópsia profunda e detalhada, cauterize aquelas que não somam, para que o mal seja “cortado” pela raiz. Finalize sua construção interna, obras inacabadas só servem para gastar dinheiro, acumular poeira e quando velhas, desabam sobre a vida de alguém.
Por fim, protagonize sua vida em todos os aspectos: profissional, emocional, espiritual, familiar e humano e pare de engolir sapos, pois definitivamente seu corpo e sua mente não são e jamais deverão ser um brejo.

Saúde Humanamente Corporativa 1

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fechar Menu