Observe e tome consciência

Comer não é um ato automático, alertou Judith S. Beck, em seu livro “Pense Magro” que considera a terapia cognitiva como solução para a dieta definitiva.
Ela diz, em outras palavras, que algumas ações do nosso corpo são automáticas como o batimento do coração e o sangue que corre nas veias. Sobre isso não temos escolha. É automático e pronto.
Porém, todas as outras coisas não são automáticas, mesmo àquelas que fazemos sem perceber, como o piscar de olhos ou a respiração, por exemplo. Podemos até controlar um pouco, mas jamais definiremos exatamente o momento em que o corpo necessitará desses movimentos.
Para tantos outros, é necessário nos policiar. Comer por exemplo, é algo tão óbvio se lhe disser que não é automático mas estamos sempre nos pegando comendo sem sentir o gosto, ou comendo tão desesperadamente que nem sabemos o que estamos fazendo.
salada
Fonte
Para quem constantemente passa por isso, é necessário se vigiar a todo momento.
Parar. Respirar fundo, e tomar consciência.
Se mesmo após tomar consciência, permanecer na mesma atitude. Tranquilo, a reeducação vem aos poucos.
Mas, se após tomar consciência, a atitude mudar, excelente. A mudança começou a fazer parte do seu objetivo.
Observe e tome consciência. Mude a atitude e se policie. Esse é o verdadeiro segredo.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fechar Menu