130400435-G

História de Búzios

Os primeiros habitantes da península de Búzios, muito antes da chegada dos portugueses, foram os índios Tamoios e Goitacases. Após o descobrimento a região de Búzios foi invadida pelos portugueses em 1555.

Com a abolição da escravatura os escravos libertados das vizinhas fazendas da região, fundaram a primeira comunidade na Rasa. Por meio século a cidade viveu de pesca da baleia. Desde aquela época os habitantes de Búzios viviam de pesca e o comercio com as cidades vizinhas. Tudo mudou quando em 1966, em uma viagem ao Brasil Brigitte Bardot visitou a cidade. A repercussão foi grande e Búzios mudou o rumo. virando destino do jet set brasileiro e internacional.

histobuzios4

Quando as esculturas em Búzios podemos mencionar os de Christina Motta, esta famosa escultura realizou Brigitte Bardot em bronze e tamanho natural, sentada sobre suas malas, olhando o horizonte, outra são três pescadores também em bronze e tamanho natural concentrados em sus pesca e suas redes, e o ex presidente Juscelino Kubitschek. Essas esculturas se encontram na Orla Bardot.

escultura_brigitte_bardot_foto_marcelodutra_1 download (3)

Armação dos Búzios é a primeira cidade no mundo a receber uma capela exclusivamente dedicada a Nossa Senhora Desatadora de Nós. Inaugurada dia 8 de setembro de 2001 , a capela logo recebeu a benção Apostólica de sua Santidade o Papa João Paulo II.

711150721-G
Localizada na Av. José B. Ribeiro Dantas, 3333, Geribá.

 

Diz uma lenda que a imagem de Sant’Anna foi encontrada no mar por pescadores que então lhe construíram uma capela, na manhã seguinte, a santa haveria por si mudado de posição, ficando assim virada para o mar. Eles a desviraram e a deixaram. Na manhã seguinte a mesma coisa aconteceu, até que um dia eles destruíram a capela e a reconstruíram, deixando a imagem voltada para o mar Atrás da capela fica o antigo cemitério dos escravos.

130400435-G

Fonte: Passaporte Búzios

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fechar Menu