7 de novembro de 2016

Felicidade!

  Tem aquela história de que devemos encontrar a outra metade da laranja, a cara metade, e por aí vai. Creio que é por isso