Você já ouviu falar em Persona?

Criar uma persona é ter a ideia clara e real de quem são seus clientes em potencial, no que eles se interessam e o que procuram.

É fundamental que você conheça as suas para que possa ampliar a eficácia da sua comunicação com elas.

Costumo falar nos meus treinamentos que é tipo um Globo Repórter sobre seus clientes: “dá onde vem, para onde vão, o que comem, como sobrevivem, o que gostam de fazer” parece brincadeira, mas é sério.

Conhecer seus hábitos, costumes e dores fará com que você crie uma forte conexão com sua audiência e ela irá perceber que você a compreende e que tem a reposta para suas dúvidas, a solução para suas dores, facilitando assim o relacionamento.

Personas são personagens semi-fictícios criados com base em pesquisas de pessoas reais. Elas auxiliam a tomada de decisões de marketing e representam quem é seu comprador real.

Não fique no “achismo”, só fará você perder tempo e energia, aprofunde-se no universo de sua audiência e procure conhece-la, compreendê-la e especialmente falar a língua dela.

Separei algumas dicas práticas:

Perguntas para responder antes de criar sua persona (ou avatar):

Quem são seus compradores e por que eles usam o seu produto ou serviço?

Que comportamentos, suposições e expectativas eles têm diante do seu produto ou serviço?

Perguntas a serem feitas durante o desenvolvimento:

Ao criar a persona, você precisa de informações que descrevam as características do seu cliente em potencial. Para isso, você pode usar as seguintes perguntas para ajudá-lo a construir uma imagem do seu comprador:

A ficha de persona deve conter as seguintes informações:

Nome (fictício);
Alguma imagem que ilustre quem é sua persona;
Idade;
Trabalho;
Média salarial;
Dados sobre a família;
Nível de estudo;
Desejos da pessoa;
Medos que ela enfrenta.

Se você tem alguma dúvida, mande para mim, será um prazer ajudar!

 

RevirNegócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *